Image Alt

Sesc

  /  Novidades   /  Cuidados com a saúde e a segurança

Cuidados com a saúde e a segurança

Alguns cuidados antes da viagem permitem que você relaxe e se divirta sem problemas. Marque uma consulta médica e avalie suas condições físicas antes de viajar. Caso vá para um hotel onde seja possível praticar atividades físicas, consulte antes seu médico sobre suas condições. Não se esqueça de dar preferência aos meios de hospedagem e aos locais mais adequados às suas necessidades. Pesquise as opções de acessibilidade, locomoção e conforto do destino escolhido.
Ao definir o hotel, comunique se você tem alergia a alimentos, problemas cardíacos, necessidades especiais ou qualquer restrição que exija cuidados. É importante também informar o telefone de uma pessoa para contato e os remédios que você pode tomar em caso de emergência. Antes de comprar um pacote turístico, pesquise sobre a empresa que deseja contratar e a qualidade dos serviços que presta.

Antes da viagem e já no local de destino não se esqueça de guardar notas fiscais, e-mails, anúncios e vouchers. Com isso, se necessário, você pode acionar o órgão de defesa do consumidor (Procon). Pesquise também sobre as condições climáticas e os números de emergência para acionar a polícia e hospitais. No destino escolhido, respeite a cultura local e os direitos humanos. Informe-se sobre os hábitos e as leis. Colabore com a preservação ambiental. Compre produtos locais e colabore com a economia da região. Respeite também o patrimônio histórico.

No local da viagem, procure informações nos serviços de apoio ao turista. Evite levar grandes quantias de dinheiro. Prefira usar o cartão de débito. Caso vá para o campo, não alimente os animais. Também não utilize sabão ou shampoo nos rios e não faça fogueiras. Lembre-se: vender animais silvestres é crime. Não compre. Na praia, respeite a sinalização.

Bandeiras vermelhas e amarelas significam mar revolto. Não pesque em áreas proibidas. Ao fazer um passeio de barco, nunca pule na água enquanto ele estiver em movimento e não se esqueça do colete salva-vidas. Se você é deficiente físico e vai viajar utilizando transporte terrestre, saiba que são reservados dois assentos gratuitos para pessoas com deficiência e renda igual ou inferior a dois salários mínimos. Caso eles estejam preenchidos, você tem direito a um desconto mínimo de 50% do valor da passagem.

Se alugar um carro, lembre-se de colocar o adesivo com o símbolo internacional que sinaliza que o veículo está sendo usado por uma pessoa com deficiência. E lembre-se ainda que pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida têm direito, por lei, a 2% de assentos em teatros, cinemas, estádios, auditórios etc, conforme as normas da ABNT. O atendimento prioritário também é garantido nesses casos.

Caso vá viajar utilizando transporte aéreo, prefira voos diretos. Informe à companhia aérea sobre sua necessidade especial e se toma algum medicamento ou se utiliza marca-passo, por exemplo. Cães-guia podem ser levados no voo, basta apresentar atestado de sanidade e focinheira para o animal. Nenhum valor extra é cobrado. Lembre-se de levar na bagagem de mão o modelo de atestado médico fornecido pela companhia autorizando a viagem nos seguintes casos: deficiência mental, caso o passageiro viaje sozinho; nível de deficiência progressivo ou não estável; transporte de seringas e medicamentos; e em caso de doença ou cirurgia recente. Caso você faça uso de cadeira de rodas, não se esqueça de informar a companhia aérea com antecedência. Se ela for motorizada, você precisará despachar a bateria.

123456

Post a Comment